terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Se gritar pega ladrão (3)...

Tenho um vizinho que cresci junto com ele, mas depois de adulto eu fui para um caminho e ele escolheu o dele.
Infelizmente ele escolheu da droga e pequenos delitos (eu acredito). E volta e meia ele me vem me pedir dinheiro. Eu mesclo entre negar e dar dinheiro para ele. Mas ontem voltando para casa depois de um churras na casa de meu tio eu e a Julia esbarramos com ele:
- Cristiano! Cristiano! Cristiano!
- Opa!
- Cara feliz ano novo para você e sua esposa.
- Obrigado, para você também.
- Cara... Acabei de sair da cadeia, tem como me da à grana para ir para Pedro Leopoldo?
- Ta morando lá? Achava que você tava em Neves.
- É que eu roubei uma grana e comprei uma casa...
E complementa
- Se eu roubei e comprei é meu.
.Então tá.

11 comentários:

Dama de Cinzas disse...

O ser humano é ótimo quando precisa arranjar uma desculpa, uma explicação para se absolver de algo... rs.

Beijocas

Ju disse...

"É roubado mas é meu. Né não?!" hahahahaha

Bruna disse...

investiu numa coisa melhor que droga.

Bah disse...

"Pequenos delitos" compra uma casa? Imagina se ele fosse roubar um banco! Estava em algumas das ilhas fiscais rs...

Kisu!

Fulana disse...

kkkkkkkk um ladrao empreendedor!

Suzi disse...

Nossa. Que cara de pau...

Imagine se todos começam a ter este tipo de pensamento.

Simplesmente indecoroso.

Ética pra quê?

Beijos

Kinha disse...

Putz!

Kinha disse...

Putz!

Maeve disse...

Então tá bom, então.

hahahahaah

Elvira disse...

Kkkkk
Comprado não é roubado...
Você emprestou?

Bjs.
Elvira

Neanderthal disse...

Cris, eu nao posso nem ler isso depois de dias me matando de trabalhar. Juro!
Não tenho senso de humor com essas coisas! Eu me sinto sacaneada!
Tenho um vizinho picareta, que dá golpes e tira onda com o vidão que o dinheiro lhe proporciona. Tenho vontade de sair cobrando de porrada! Me oferecí como testemunha no processo criminal contra ele. Adoro ver gente assim se ferrando!