quarta-feira, 5 de junho de 2013

No mundo corporativo

Eram dias difíceis, o cliente estava mudando de fornecedor por questões politicas-financeiras. Ligo para o fornecedor para despedir e falo:

- Pô, Giovanni. Valeu ai pelos anos que trabalhando juntos...

- Poxa cara, pena que você não vai atender a gente mais...

E meu ego foi inflando... Inflando... Até que ele vai e completa:

- Demorei vários anos para te ensinar o trabalho e agora vou ter que começar tudo de novo com os outros fornecedores!

É... No mundo corporativo não existe coração.

3 comentários:

Faissal Lauar disse...

experiência vivida...

Bah disse...

AUhauahuah, né? Bando de ingratos!

Kisu!

Inaie disse...

e os "fdp" te ajudam a ser uma pessoa mais humilde, né?