terça-feira, 17 de julho de 2012

O velho e a censura

Eu e meus amigos estávamos em um bar com sinuca perto da faculdade e aparece uma amiga nossa, a Rubia, com um senhor já de idade:


- Gente, esse aqui é o Zé. Ele ta ajudando a gente com a banda que estou cantando. (fala ela empolgada)

- Oi Zé, o que você faz na banda? (Falo educado)

- Sou um agente/produtor. (fala orgulhoso)

-Hum e o que seria isso? (fico intrigado)

- Eu dou uns toques... Tento ver uns shows... (Já se empolgando)

- Ah é? (Dando oportunidade para ele falar mais)

- E eu também dou aula de musica. E sou exigente viu! Tive um aluno que queria ser musico ai eu disse para ele uma vez que se ele continuasse daquele jeito nunca passaria no exame de aptidão. O menino não estudava, não praticava.

- E ai? Ele passou.

- Se tornou medico ano passado. (Fala orgulhoso de ter colocado um medico no mundo)

- Hum... (A mesa já começou achar o assunto chato)

- Eu já até dei uns toques na Clara Nunes... (Se infla como pavão)

- A do teatro? (Falo brincando)

- Sim a do teatro... Falei para ela ir para o Rio e cantar um tom acima que ela cantava... (Deixa claro que ele não gostou da minha brincadeira)

- Nossa...

- Eu também já compus musica subversiva que participou do festival da musica.

- Ah é? qual?

- Essa ai... Lê ai.

(tira um papel de um livro para mostrar)

- Eu não entendi o subversivo nesta letra.

- Lê as primeiras palavras nas estrofes alternadas: 1 com 3 e 2 com 5...

- Uai, eu só consegui entender que você xingou um Ricardo...

- Era o cara da censura...

- Nó... (Tentando desfarçar que a musica era ruim de mais)

Ficamos lá, escutando as historias do senhor... Que soubemos mais tarde que no fundo no fundo só queria pegar a Rúbia a vocalista. Talvez ela parecesse com a Clara Nunes...

4 comentários:

Michele Pupo disse...

Eita... uma boa crônica!


Bjs

Fulana disse...

fiquei com preguiça só de ler! velhinho chato! rs

Natália disse...

Ai que cara chato! E aí, ele comeu? hahaoahaoiue

Neanderthal disse...

Oi Cristiano. Que cara chato!
Não tenho paciência com esses papos de quem fica se autoafirmando o tempo todo.
Mas hein, Clara Nunes é minha musa! E tipo, embora o teatro tenha o nome dela, ela foi uma cantora! =)
Beijos