terça-feira, 24 de julho de 2012

Brincando de português

Existem palavras que não combinam em uma frase:


- Eu tenho quase certeza!

Eu vivo usando essa e às vezes eu solto uma pior ainda:

- Eu tenho quase 100% de certeza.

Tinha um amigo no trabalho que vivia me corrigindo por isso.

Outra que não combina é:

- Foi apenas uma fatalidade

Escutei essa frase no meio de uma reportagem no radio de um repórter que nem foi corrigido pelo ancora falando do acidente do menino de Brasília que morreu porque a cesta caiu na sua cabeça. E tem mais...

-Nossa que inveja boa!

Tem gente que usa também inveja branca, azul, amarela... Inveja não é uma coisa boa é um sentimento que faz você querer que o outro não tenha pelo simples fato de não querer que ele tenha. E definitivamente não tem nada de bom nisso...

Tem mais uma que é até titulo de álbum do patu fu, vivo escutando isso pela cidade dos vendedores:

- Tem, mas acabou! E quando chegar eu entro em contato.

..

8 comentários:

Amapola disse...

Boa noite, querido amigo Cristiano.

Adorei!!
São tantos erros...

Desejo-lhe uma linda semana.


Beijos.

Natália disse...

"quase certeza" e suas variações eu não consigo NÃO usar em conversas informais. Não me interessa que seja errado, segundo o padrão culto. Quanta gente diz, corriqueiramente, coisas do tipo "quis blusas você vai comprar?"? Rs.. Então, o meu "quase certeza" não é nada perto disso.

Inveja boa existe, super existe! É tipo qndo teu amigo vai fazer uma viagem mega foda e vc não pode ir. Vc fica com inveja.. mas, ao msmo tempo, fica feliz por ele. Não fica "ai, aquele idiota..como ele conseguiu pagar? como? tomara q tenha caganeira, tomara que chova". Não... vc fica "putz! eu tenho mto q rever meus conceitos, pq ele ganha menos q eu e conseguiu pagar! nossa, tomara q a viagem seja do caralho! ele merece". Sabe? Super existe. Mas também é o tipo de coisa que só rola falar informalmente.

"Tem, mas acabou" acho q é típico de MG, GO, etc. O pior é quando o atendente faz uma pausa entre o "tem" e o "mas acabou". Pq ele diz "tem" e vc fica super alegre por 1 segundo, aí ele completa "mas acabou" e vc quer MATÁ-LO.

Mas eu entendo o q ele quer dizer.. ele quer dizer q ali ele costuma vender daquilo. Só q, naquele momento, compraram o último item. É questão de marketing, sabe? an-rannn... HAOIHAOAH

Foi ''apenas uma fatalidade'' é pq não foi o filho dela... hahaha

Keila disse...

Acho que sou uma péssima pessoa: tenho inveja branca dos seus textos! rsrsrs bjs

Bah disse...

Não gostei disso. Só que ao contrário! rs

Kisu!

Gazzy1978 disse...

Pow, eu falo "tem, mas acabou" e "quase certeza" diretão! Tou tão acostumada que nem percebo que tá errado...

Agora, minha mãe diz que esse negócio de "inveja boa" não existe, pq ela só ouviu gente MUITO invejosa falar isso, hahahahahaha. Quando é com a gente que acontece, dificilmente falamos "inveja boa": assumimos que estamos com inveja, SIM, mas que nem por isso queremos que o avião do outro caia no meio da viagem, hahahahahaha...

Silvinha disse...

Concordo com todas, principalmente com o "Inveja Boa". Ridículo isso!

Outro dia eu li "num conglomerado qualquer", como diria o Kibe, o seguinte: O divórcio pode até estar sendo complicado, mas ninguém duvida da beleza de Fulano e Beltrana. E, ao que tudo indica, os genes do ex-casal passaram todinhos para a pequena filha.

Oi?!?! De onde mais poderiam ter vindo os genes dela???

Neanderthal disse...

Poxa Cristiano, eu tenho "quase certeza" sobre tantas coisas!!!
E o pior, também tenho "inveja da boa" no sentido de que gostaria de ter o mesmo que outra pessoa, mas não quer o que é daquela pessoa ou não deseja o mal do outro por ele ter e nós não! É tipo, curtir algo bom que acontece com outra pessoa e desejar um dia passar ou ter o mesmo. Não há mal nisso! Mas de fato, o nome mais apropriado não é inveja. Inveja é outra coisa.
hahahahaha

Inaie disse...

eu adoro o tem mas acabou!!! E o "mini supermercado"?

kkk