segunda-feira, 14 de maio de 2012

Eu colo, tu colas...

Ta ai uma coisa que nunca deu certo comigo foi: Colar.

Eu ficava nervoso, eu tremia, minhas pupilas dilatavam. Resumindo: eu tinha medo! Desde criança... muitas vezes eu fazia a cola e deixava ela de lado as vezes por que tinha aprendido, mas também por não ter coragem de usar.

Na faculdade vi gente que fazia isso com uma naturalidade impressionante, parecia que eles nasceram colando. Tipo aquela criança que só chorou no parto porque viu a outra criança chorando no parto ao lado... Impressionante!

Tsss tá! (Bateria da piada)

Via gente que quando professor distribuía mais de um tipo de prova durante a entrega das provas já fazia todo um mapeamento lógico de posição dos tipos e já sabiam de quem colar.

Mas também já vi gente se dando mal, foi no meu curso técnico onde só tinha um tipo de prova e as provas finais eram de múltipla escolha e era para ser o “crime” perfeito.

Um namoradinho tinha que passar para a namoradinha a cola na borracha, um ficava perto do outro e ia ser chupetinha, simples assim. Mas o professor foi e mudou os lugares colocando o namoradinho na frente naquelas carteiras que ficam perto da porta. Fudeu eles devem ter pensado.

Quase terminando a prova todo mundo de cabeça baixa mó tensão e o namoradinho em uma prova de amor juvenil ou desespero mesmo anotou mesmo assim as respostas na borracha e jogou para a namoradinha. Ele não teve pontaria ou ela não conseguiu pegar? Não vi, mas só escutei a Débora que estava na frente da menina falar:

- Ai!

O casal pegou recuperação naquele fim de ano.

9 comentários:

Michele Pupo disse...

E ela deve ter ficado p da vida com ele! kkkkkkkkkkkk

Beijos e boa semana

Maeve disse...

pobre casal!

também não sou a favor da cola não, perdi essa aula que o coleguinha ensina ao outro coleguinha...

Maeve disse...

isso me fez lembrar uma história.
vou postar lá no blog e te linkar, beijos!

Bah disse...

Suhauhuaa eu tinha altos truquesw pra colar... mas nao tinha medo de correr o risco não rss eu era ousada rss

Kisu!

Karine disse...

kkkkkkkkkk
muito boa história!

Luana disse...

Eu sempre morri de medo tambem, nunca tive coragem! NUNCA!

Agora, jogar a borracha foi coisa de gente mane! hahaha

Kinha disse...

Até pra colar tem que saber, rsrsrs

Gisa disse...

Nossa... sou a primeira ovelha negra aqui mas vou assumir: eu era fera na cola! Tive uma tècnica que usei durante ANOS inclusive na facul e nunca nenhum professor descobriu!
Vi varias vezes eles descofiados... iam e vinham, me rodeavam... mas nunca conseguiram descobrir como e de onde eu colava!
Nossa, falando assim atè parece que eu to orgulhosa nèam? Nao to nao, colar è feio, era coisa de adolescente. Mas digamos que, se era pra fazer errado, eu tinha que fazer o MELHOR errado possivel! Louca, sempre fui!

Inaie disse...

e o Objetivo de santos tentou me EXPULSAR por fazer a prova de ingles de um coleguinha...