quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Eu era tão feio...

- Eu era tão feio, mas tão feio que quando eu brincava de esconde-esconde, ninguém ia me procurar....

- Eu era tão feio, mas tão feio que uma vizinha me disse: "Vai lá em casa depois que não vai ter ninguém...."
- E você foi?
- Fui e ai quando eu fui lá não tinha ninguém mesmo não!!!

By Ricardo Amado

Como diria meu irmão: "A sorte é que eu descobri ser feio cedo... imagina se eu cresço com essa ilusão?"

3 comentários:

Madi Muller disse...

Bueno,o q eu posso dizer sobre isso é q a beleza tb está no olho de quem vê...

António Jesus Batalha disse...

Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
decerto que virei aqui mais vezes.
Sou António Batalha.
Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

A disse...

Concordo ali com a Madi Muller, todos somos bonitos à nossa maneira!