quarta-feira, 21 de março de 2012

Passa ele...

Era uma prova especial de uma matéria de engenharia e eu estudei que nem um condenado e fui fazer a prova.

Faço a prova no tempo total e como era prova especial eu e outros alunos esperávamos o professor corrigir a prova na hora mesmo. Até mesmo para ver se íamos fazer a matricula nela novamente ou não.

O ritual era simplesmente:

Fazíamos um bolinho na mesa do professor e implorávamos para passar na matéria.

A minha prova foi a primeira a ser corrigida e para minha felicidade tínhamos a Mariana na sala que estava vestindo um senhor decote.

O professor anuncia:

- É... não deu Cristiano...

A Mariana debruça na mesa e fala:

- Passa ele, Xicô!

O homem arregala o olho para o decote e fala para mim. (olhando para o decote)

- Vô considerar isso aqui. Passou!

Assim eu já fui salvo por um decote!

7 comentários:

Michele disse...

Misericórdia... E a ética, onde fica?! :O


Beijos

Luana disse...

E viva a educação brasileira! Que vergonha, gente...

Pan disse...

Quero ver a Mariana vir cobrar o serviço prestado agora hahahaha

Ludi disse...

Agora deu ,né Cristiano?? auahauhau
foda heim...

Maeve disse...

hahaahahahah

salvo, sim, por um belo par de seios graúdos.

Nicolas disse...

Deus abençoe os belos seios das mulheres!

Gisa disse...

Nao sei como as mulheres ainda nao dominaram o mundo. Homem è tao vulneràvel: um decotinho... e pronto!