segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

João sem braço


Gosto de pessoas que levam a vida com leveza porque é difícil levar a vida, ainda mais com leveza... Uma vez eu trabalhei com uma moça que não tinha o braço esquerdo. Na verdade ela tinha somente um "cotoco". Ela dizia que foi brincar com uma máquina quando criança e perdeu o braço, ela falava isso sem rancor, sem nada. Mas com a convivência via que ela fazia tudo e de tudo.

Cortava laranja mais rápido que eu. Almoçava de garfo e faca. Era casada, fazia os serviços domésticos e estava para ter um menino. Falava que com o nascimento do filho dela ela ia ter que tirar carteira... Levava uma vida mais do que normal...

Mas o mais engraçado é que eu precisava de uma autorização, mas para esta autorização eu precisava de alguns documentos que não tinha ainda... ai eu com ela.

- Ô Lu, tenta mesmo assim.

- Não posso Cristiano.

Faço cara de “me ajuda vai”

- Mas quer saber? Vô dar uma de João sem Braço mesmo... já que não tenho braço.

Batendo o cotoco com a mão direita... (rindo alto!)

3 comentários:

Dama de Cinzas disse...

As pessoas que conseguem rir de si mesmas são as mais leves, as mais gostosas de lidar. Quem leva tudo a sério me cansa bastante.

Beijocas

Michele disse...

Cristiano

Um exemplo lindo para nos fazer refletir sobre a vida!

Um abraço

Inaie disse...

E ela com certeza e muito mais feliz que muita gente que tem todos os membros...