segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Tudo no onibus


Moro longe do meu trabalho e para falar a verdade eu sempre morei longe dos meus colégios, era tão longe, tão longe que quando eu pegava especial o almoço ficava pronto às 10:50 e eu pegava especial umas 11:30 isso tudo para chegar na escola às 13:00.

Viagens longas pode ser um lugar para conhecer gente, meus pais se conheceram dentro de um ônibus indo para faculdade, por exemplo. Acho que foi minha mãe que viu meu pai em pé e ela perguntou se não podia levar as coisas dele. (Sem trocadilhos...)

O curioso que como os horários são sempre repetitivos a gente meio faz uma amizade com o povo do ônibus. Eu já vi gente até fazendo amigo oculto no ônibus... Sério!

Era um grupo de amigos que se conheceram no ônibus e só se viam durante a ida e volta do trabalho e pensaram nisso. Tinha até a tradicional apresentação. No meio do ônibus lotado a pessoa falava e as outras tentavam adivinhar.  Imagina a gritaria no balanço do ônibus. Acho que não tinha bebida porque o trocador daquele horário disse que não seria uma boa, pois isto era contra as normas da empresa.

Saudades do 1204 – Lagoinha Cidade Industrial.

5 comentários:

Inaie disse...

o memso cobrador que "ficou"com a mina no onibus??
esses seus ionibus sao cheios de emoção...hehe

รяª Nathalia disse...

Incrivelment ou não, eu gosto de andar de ônibus.
Principalmente metro, acho as pessoas mais inteligentes rs.

Dama de Cinzas disse...

Quando leio textos como o seu vejo que tenho um problema sério de sociabilidade... rs. Eu jamais vou fazer amizade com pessoal de ônibus, pelo simples fato que detesto falar com estranhos na rua... rs. Mas não vejo nada de mal em quem faça, até acho legal, só que eu não consigo... rs.

Beijocas

Janice Adja disse...

Deveria ser uma alegria só.
Isto é muito bom. Saudável.
Beijos!!!

Fulana disse...

kkkk meu onibus em BH era o 9502, mas eu só ficava meia hora no maximo dentro dele...no tempo que eu pegava muito onibus isso teria sido otimo!