sexta-feira, 1 de junho de 2012

Novo caminho

O caminho de casa mudou devido a obras do centro de BH agora eu passo todo o dia em frente ao baixo meretrício ou as zonas ou puteiros de BH mesmo - até o Maravilhoso Hotel (que não tem nada de maravilhoso) cenário do livro da Hilda Furacão. Os puteiros são portinhas para uma escada e passando por lá outro dia (de ônibus deixo claro) vi que têm algumas maneiras de se entrar na zona:

1ª Maneira: O cara abaixa a cabeça parece até que prende a respiração e vai correndo...

2ª Maneira: O cara para na frente da escada olha para os lados como não querendo nada e da um passo para escada. Tipo: Ufa... entrei!

3ª Maneira: O cara para na frente da zona conversa com o porteiro, que esta lá para garantir que nenhum menor entre, e entra sem nenhum receio. Resumindo: Piolho de zona.

Ai me veio a duvida, será que igual aos comerciantes da região os puteiros também vão reclamar faturamento ou vão comemorar a mudança dos pontos para a região. Porque eu imagino o que vai dar de vizinha flagrando vizinho subindo nestas escadas...

13 comentários:

Gisa disse...

huahuahua... depois voce conta os causos pra gente!

Kinha disse...

Só vai, rsrsrsrs

Bethânia disse...

auahuahuah.. é incrível como elas ainda existe né?

Michele Pupo disse...

Tenho pena destas mulheres.

Bom FDS.

Bjs

รяª Nathalia disse...

KKKKKKKK
Ai em BH, não é diferente daqui de Sampa- precisamente no bairro da Luz e todo seu centro kk

Inaie disse...

eu acho que o movimento do puteiro nao vai cair não, mas o faturamento da loja de fantasias aumente...

Inaie disse...

querido, nao quero parecer metida/arrogante/insuportavel ( mais do que eu realmente já pareço). Não tenho vontade de voltar ao Brasil. Minha ética profissional mudou, minhas prioridades de vida mudaram, minha disposição em trabalhar 12 horas por dia e aguentar gente com o ego do tamanho do elefante já nao se sustenta.
Não quero ficar engastalhada no transito e nem ter medo de assalto. E quero que as minhas filhas façam faculdade no exterior ( que pra gente vais er local...hehe). Do alto da minha arrogância, peço desculpas, mas não planejo voltar ao Brasil antes de me aposentar. :-)

SHEYLA -DMulheres disse...

Cristiano,
Toda cidade que se preza tem um puteiro desse.É uma das profissões mais antigas. Ótimo post.rsrs
Vim retribuir a visita . Jávirei seguidora.
Beijos e bom domingo,
Sheyla.

Anna Monte Alegre disse...

eh, nao deve ser muito agradavel ter que passar por lá todo dia...
bjsss

Djalma CMF disse...

Kkkkkkkkkkkk, faz parte! Boa sorte, abraços.

Natália disse...

Hahoaihaoiue

Nunca vou entender porque os homens atuais ainda procuram prostitutas. Quando o sexo é tão fácil e de graça em qualquer bar. Quando cursos de pompoarismo, pole dance, strip tease e coisas afins se proliferaram tanto a ponto de [quase] se tornarem essenciais para a mulher que se diz "moderna e bem resolvida". Quando a ditadura da beleza impera e às mulheres já não é mais permitido manter uns quilinhos a mais após a gravidez. Quando a ideia do "casamento aberto" tem tantos adeptos. Quando é tão fácil e tão banal se divorciar.

Nunca vou entender...

Bah disse...

A realidade é que todo mundo toca o puteiro! Tá uma zona ai isso sim rsss

Kisu!

Inaie disse...

Cris, respondendo a sua pergunta: ela decidiu ser igual, mas nao conseguiu nao