quarta-feira, 6 de junho de 2012

É tudo verdade (ahuauhahua)

A Michelle Pupo meio que duvidou da veracidade um tempo atrás de minhas historias (ahuauha), pois ela acha exagerada (hauhua de novo)... Isso me fez lembrar de um causo:

Tinha no meu bairro o Max Geladeira, ele era conhecido assim porque chamava Max (oh!) e trabalhava em uma indústria de refrigeração. Aonde o Max Geladeira ia ele levava com ele uma pasta daquelas de hippie, nunca tinha entendido o porquê da pasta. Até que fui percebendo que lá ele guardava todas as provas das historias deles, era muito engraçado. Tipo:

Tipo 1

- Cara eu passei na auto-escola sem fazer 20 aulas de direção.

- É mesmo?

Era o suficiente para deixar ele nervoso e ele começar o seu ritual...

- Duvida? Duvida? Olha aqui... (Abrindo a pastinha e mostrando o comprovante)

Tipo 2

- Consegui uma promoção!

- Nó que legal!

- Duvida? Duvida? Olha aqui... (Abrindo a pastinha e mostrando o contracheque)

O foda que o “duvida? Duvida? Olha aqui...” ele ficava repetindo até achar a prova que ele queria que as vezes não era tão simples de achar.

E hoje fico pensando: Como será que deve estar o tamanho desta pasta nos dias de hoje???

8 comentários:

Luana disse...

Cade a sua pasta, Cris? hahahaha

Van disse...

Oi Cristiano,

Um encontro com o Max geladeira rendia então...santa paciência.

Abçs

Keila disse...

Max geladeira me fez lembrar que tirei carteira de moto com 8 aulas e eu ainda não sabia andar de moto. Dúvida? Dúvida?

Cris, acho esse meu outro blog mais a sua cara, conterrâneo. Abração.

http://paraquemvier.blogspot.com/

Fulana disse...

kkkkkkkk adorei! se eu tivesse conhecido max geladeira, talvez gostasse mais de BH!

Karine disse...

Pois é, e a sua?

Michele Pupo disse...

Quero ver a sua, Cristiano. kkkkkkkkkkk

Não duvidei, não. Só acho que vc faz como eu: exagera. rsrs

Mas eu gosto.

Um beijo

Bah disse...

Eu já falaria pra ele como diria aquela canção: "quis provar pra todo mundo que eu não precisava provar nada pra ninguém" auhauahaua

Kisu!

Inaie disse...

imagina o quanto nao chamaram o pobre de mentiroso... por isso ele precisa de provas!!