quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Números...


Números são frios não passam sentimentos porque não foram feitos para passar, fato. Além disto, ele é facilmente manipulável. Exemplo:


O navio Costa Concordia tinha 4.200 e até o momento são 11 mortos e 29 desaparecidos, considerando que todos os desaparecidos estão mortos o total é de 40 mortos. O que dá uma porcentagem dos mortos de 0,95%. Com uma taxa de sucesso de 99,05%!!

Mas nestes 35 provavelmente tinha pai de família (por que não?) então em algum lugar do mundo vai ter um filho que perdeu 100% do pai.

8 comentários:

Krollll disse...

Ninguém costuma analisar deste jeito... E é tão verdade!

=*

Dan disse...

pior né? nem eu pensava assim ate ler isso.

chris mazzola disse...

me faz pensar no quantidade x qualidade.

Gisa disse...

Lamentàvel o que aconteceu ao Concordia. Jà o seu post achei muito interessante, um modo de ver os numeros que nunca tinha parado para pensar.

Ana Pe disse...

Nossa, essa é uma análise muito fria da coisa! Muito esquisito ver por esse ponto de vista...

disse...

Verdade.

Bom, sobre o que está acontecendo eu não posso falar da Na mas um dia conto as coisas que andam acontecendo na minha vida.
Obrigada pela preocupação.
beijos

Ju disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luana disse...

Ai... Vim em defesa dos numeros!! Embora eu tenha gostado muito da analise desse jeito!


Nesse caso a matematica ve assim: quantas pessoas morrem em cruzeiros de luxo por ano? quase zero, certo? Tipo, nao eh uma doença, com taxa de mortalidade de x%... Então nesse caso, do navio, não ha taxa de sucesso, cada morte eh um numero inacreditavelmente inaceitável...

Igual em Fukushima - eu trabalho numa usina nuclear, lembra? - em que 2 ou 3 mortos não se compara aos milhares que foram mortos pelo tsunami. Contudo, como as estatísticas de morte para tsunamis sao muito maiores do que as de usinas qual foi o assunto mais alardeado?

E nisso tudo, muitos filhos, maes, namorados que ficaram 100% sem alguem... =(