quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Um papo Qualquer

Em uma época onde as pessoas conversam no ônibus e eu não estava com fone de ouvido para ouvir:

"E ai como que tá Fernando?"

"Morreu"

"E o Mariano?"

"Xii está muito doente"

"E o Juscilei?"

"Nossa ficou sabendo não?"

"O que?"

"Foi preso"

“E tadinha da Patrícia...”

“Essa está bem... Casou”

11 comentários:

Cris disse...

Essas conversas de ônibus que dizem pouco e ao mesmo tempo muito rs É a única coisa que às vezes tenho saudade da vida a ônibus... minha vida agora é a pé rs Também tem umas conversas legais às vezes hahahaha
Beijos! =**

Bell disse...

KK.. bem assim mesmo.
Um ótimo dia pra vc =)

jair machado rodrigues disse...

Dá para perceber um certo prazer em noticiar uma desgraça, será cultural ? rs
ps. Carinho respeito e abraço.

Camila Faria disse...

Esses papos de ônibus ~ são sempre um pouco surreais!

Lara Mello disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK #medo

Leticia disse...

qto desastre o.O
adoro escutar conversa alheia (também leio mensagens no celular e pedaços de livros)
meu lugar favorito pra isso é restaurante e já fiquei enrolando pra ir embora só porque na mesa do lado tava rolando um papo bom..

Um Café e Um Amor disse...

Nossa, é muita desgraça xDD

Bjo!

Mari Mari disse...

Segue a máxima de que brasileiros (principalmente os mais velhos) adoram falar de desgraça. Minha avó que o diga.

Rapha Barreto disse...

Caramba em, ta na hora de benzer esse povo kkkk adorei!

Boa semana!

http://mylife-rapha.blogspot.com

Rapha Barreto disse...

Caramba em, ta na hora de benzer esse povo kkkk adorei!

Boa semana!

http://mylife-rapha.blogspot.com

Luly disse...

Sou dessas que sempre bica os papos de ônibus - quando estou sem fone de ouvido e tudo mais.
Patrícia devia agradecer porque né...