segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Conversa entre eu e eu mesmo

Daquelas conversas que eu tenho comigo mesmo:

- Acho que o natal se tornou uma data mercantilista, onde o comércio substituiu o sentimento pelo o próximo.
- Anda sem dinheiro para presentear?
- Sim....
- Percebi.

11 comentários:

Madi Muller disse...

Verdade,virou uma data comercial, e os presentes, cada vez mais "simbólicos",rssss....

Cyntia Campos disse...

Mas eu também acho, e acho que sempre vou achar isso. rsrs

Larissa Fonseca disse...

Somos dois sem dinheiro para presentear, então. A frase é clichê, mas... "Não tá fácil pra ninguém".

(A propósito, com dinheiro ou sem dinheiro continuo achando que, infelizmente, "o Natal se tornou uma data mercantilista, onde o comércio substituiu o sentimento pelo o próximo".)

Patricia Romanato disse...

Por essas e mais outras que eu gosto menos do Natal a cada dia!

Beijocas e um ótimo 2015 para você e sua esposa!

Rovênia disse...

Um abraço, um sorriso, um feliz Natal verdadeiro valem muito!
Obrigada pela companhia em 2014, Cristiano! Boas festas para toda a família.

Juliana disse...

Eu melhorei muito isso em mim :)

Beijos!

Flávia disse...

A exata desculpa dos sem grana! haha

aguardandoocamaleao.blogspot.com

Hellz. disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHA esses pensamentos só vem em momentos de falta de dinheiro mesmo. presentear é sempre bom. Eu pelo menos gosto!

P.S.: Sobre teu comentário no blog sobre o aliexpress... Te aconselho se ligar na proteção da compra, se ainda tá valendo. Se tiver perto de acabar, bate um papo com o vendedor e pede pra esse estender. Se mesmo estendendo não chegar, abre disputa e pede o dinheiro de volta :)

beijo

รяª Nathalia disse...

kkkkkkkk A falta de dinheiro afetou todos!

Feliz Ano novo !

Latinha disse...

Rapaz, é bem por ai...
Aqui em casa, esse ano foi um pouco diferente, por isso os presentes ficaram em segundo plano...

Um ótimo 2015 para você!

Grande abraço.

Filha de José disse...

Ainda que tivesse dinheiro pra presentear, concordo com seu pensamento.