segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Sobre academias

- Uma esposa de um colega meu trabalhava em uma academia aqui de BH e todos os trabalhadores eram treinados para agir com naturalidade pessoas falando coisas do tipo: "Caramba, ontem depois de uma reunião com o governador eu fui buscar minha filha e minha esposa no aeroporto porque elas foram comprar o vestido de casamento delas em Paris e por isso eu não vim ontem."

- Serio?

- Sim.

- Na minha os funcionários deviam ser treinados para agir com naturalidade coisas do tipo: "Eu não vim essa semana porque o cheque voltou e eu estava tentando arrumar dinheiro para cobrir"

.Sem Mais.

7 comentários:

Ju disse...

huahauhauahuauhauhauhauhaahu

É duro ser pobre! :P

Neanderthal disse...

Não vamos naturalizar a pobreza.
Falaremos com indignação, putos da vida!
Por que o mínimo que desejamos depois de um mês inteiro se lascando no trabalho é receber e pagar as contas.

Fulana disse...

academia tem negocio de selecionar publico pelo valor da mensalidade, só imagino o valor dessa aí para ela precisar naturalizar isso, e não o contrario (que é bem mais comum na maioria da população, rs)

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Já conheci piriguete que preferiu investir na academia high society de 700 pila do que numa mensalidade de faculdade... pq na academia high society ela poderia conhecer seu futuro sugar-daddy (véi casado q sustenta amante)...

esse tipo de academia é suuuuper bem frequentada. só que não. haha.. tenho dó dos atendentes.

natália (vivendonohospício)

Helena disse...

Cheque? Que coisa de burguês! ;)

Inaie disse...

mas não consegui por que fiquei sem gasolina e não tinha nenhum "tic" pro onibus.

Bah disse...

#pobre rs

Kisu!