segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Em uma terapia

- Doutor... estive pensando... as vezes as pessoas se esquecem de viver, pois se encontram em tal marasmo em suas vidas por causa desta condição imposta para pensar e nao encontram um jeito para viver. Sendo assim nao vejo esperença para a humanidade,este cancer do planeta terra!!! (uma raiva na voz irreconhecivel e falando isso tudo em um folego só)
- Andou lendo de novo.... Nietzsche, não foi?
- Sim!
- Troque isto pelo livro “piadas do ari toledo” e volte a ver Friends.
- Mas doutor.... (decêpção geral)
- Ou isso ou vamos ter que dobrar seu Prozac e o Lexapro.
- E além disto você tem que ir ao hopi hari este mês!
- Mas....
- E sua hora acabou.
- Ah!!!

5 comentários:

Angel Ilanah disse...

pior que o psiquiatra ta certo, qto mais nos aprofundamos nos porquês... beiramos a loucura..
texto bacana


visite-me quando puder
http://www.sushidebanana.blogspot.com/

Lara Sousa disse...

sahuhduashd
Friends eh mt boom
eu adorooo
;D

bjO

Arne Balbinotti disse...

Concordo com o psiquiatra em ordem, genero e grau.
Rir ainda é o melhor remédio...
E outra esse tal de Nietzsche não foi aquele que cometeu suicidio?!?
Nem preciso dizer mais nada...
Ahhh se ele tivesse lido Ari Toledo naquela época... hahaha...

Maria disse...

Como dizia o próprio Nietzsche, "não olhe muito tempo dentro do abismo, que o abismo começa a olhar dentro de você".

beijos!
www.outroblogdamary.com

Paulianne disse...

O legal de Friends é que não tem o mesmo efeito do Prozac e Lexapro. É a certeza de que vc não vai se jogar no chuveiro de roupa e tudo e cantar Babalu.
Beijocas
Paulianne